Histórias de roliças #1

Acho que quando a gente é roliça ou roliço sempre temos uma história pra contar. De coisas que aconteceram bizarramente com a gente ou que só aconteceram por nós somos o que somos. Eu pelo menos tenho uma meia duzias de casos estranhos!

Vou compartilhar com vocês o que eu acho que já deve ter acontecido com 90% dos roliços pelo mundo.

Um belo dia, eu estava linda como sempre, no meu trabalho, fazendo o que deveria fazer. Me surge, então, aquela pessoa inconviniente. Aquela que sempre existem nas empresas, que quer ser o centro das atenções, a mais gostosa do pedaço, a última bolacha do pacote e me diz o seguinte:

– Nossa, você é tão bonita sabia? Por que não emagrece? Você arrasaria.

Minha resposta na hora foi um simples sorriso amarelo. Mas minha verdadeira vontade foi em dizer:

– Poxa vida queridinha, se eu já sou tão bonita assim por que eu deveria mudar? E pensando na forma como você pensa, é melhor eu não emagrecer né? Senão você perde o posto ridiculo que você imagina ter de ser a gata da empresa. Aliás, eu quero dizer que eu sou tão feliz e satisfeita com o que eu sou que não sou tão nojenta e mal amada quanto você é. Não preciso mostrar e nem tentar ficar superando as outras mulheres dessa empresa porque me sinto tão bem comigo que a única pessoa que eu penso em agradar é eu mesma. E eu só sinto muito em não poder dizer o mesmo pra você, afinal a beleza que eu tenho não da pra comprar como você comprou esse aplique ridiculo grudado na sua cabeça!

Graças a Deus, a vida me ensinou a me amar em primeiro lugar e saber que eu sou linda assim como sou. E quando eu quiser ser diferente, eu posso simplesmente mudar. Não é a minha aparência que precisa estar bem em primeiro lugar, é a minha mente. O que eu faço do meu corpo, se quero ele roliço ou esbelto, é só um detalhe. E a única pessoa no mundo que pode decidir como ele será, sou eu! 

Então, um conselho que eu sou, pra qualquer pessoa, seja alta, baixa, gorda, magra, sei lá mais o que, é: se ame! O que você tem por dentro te faz especial, seu corpo é só um acessório. Seja do jeito que te faz feliz!

 

E você, já passaram por uma dessa ou parecido? Envie pra gente!

Beijinhos

2 comentários sobre “Histórias de roliças #1

  1. zed

    Passo por pior. Ninguem enxerga suas qualidades. So olham para dzer: como vc ta goooorda!!
    Minha opiniao. Meus sentimentos. Nao existem…..

    1. Dona Roliça Autor da Postagem

      Oi Zed! Por isso criei o site, quero ajudar vcs e me ajudar a não se importar com comentários desse tipo! Temos que se importar com a gente, não com essas pessoas pequenas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *