Eu posso tudo!

Eu posso e sou…

 

Olá roliças e roliços!

 

Acordei com milhões de coisas na cabeça, resolvi trazer uma delas pra vocês, talvez ajude aqueles que estão preocupados com o que podem ou não fazer. Podemos tudo, ponto final.

Eu sempre ouvi muitas coisas nessa vida. Ouvi que gordas não podem usar biquini ou ser sensual ou dançar. Ouvi que mulheres não sabem nada de carro, não jogam video game, não gostam de coisas que não sejam de mulher. Ouvi que se você não é magra não pode ser modelo, não pode várias coisas… Ouvi e ouvi coisas que poderiam me desmotivas. Mas quer saber? Eu posso sim!

Acho que nasci com uma vontade imensa de mostrar ao mundo que ninguém precisa ter padrão, que isso de que pode ou não de acordo com seu corpo, sexo, estrutura, classe social, que tudo isso é um monte de bobagem!

Por exemplo, fiz um curso na faculdade que 90% da turma é masculina. E olha que escutei comentários do tipo "O que uma mulher tem de lógica pra fazer esse curso". Eu jogo todos os tipos de jogos, sou melhor que muito homem no CS, Fifa e afins. Você consegue conversar comigo sobre carros, mecânico nenhum troca a rebinboca da parafuseta no meu carro e se meu pneu furar eu posso trocar sem ajuda de um homem. Porque eu posso saber, eu consigo e eu quero. Não sou dependente por ser mulher, não sou o sexo frágil (só na TPM, porque tenho direito né?).

Já fiz ballet, jazz e hoje sou dançarina (em aprendizado) de dança do ventre. Quanta contradição não? Sempre fui gordinha, era a dançarina de ballet mais gordinha da turma. Ninguém nunca me convenceu que eu não poderia dançar, ou me esticar, ou fazer qualquer tipo de exercício. Não teve uma festa que fui e não dancei, na infância eu era o centro das atenções e sempre gostei disso. E hoje a dança do ventre me mostrou que eu realmente posso ser o que quiser, sou linda, sensual e danço muito.

Também fui modelo, tenho até um ensaio. Claro, era uma criança, mas cheguei até a ganhar um concurso (beijinho no ombro para as magrinhas que perderam pra mim). Eu queria, eu fui, eu ganhei. Foquei no resultado e brilhei no palco, e até hoje levo a minha vida assim.

Estudei em escola publica, mas o que isso muda? Eu fiz faculdade, eu trabalho, conquisto minhas próprias coisas e vejo gente que estudava na mesma escola que eu me dizer que eu "tive oportunidade". Eu tive as mesmas que todos, só que não esperei cair do céu, não me fiz de vítima em NENHUM momento da minha vida. Eu queria e fiz.

Eu tive problemas na vida, coisas ruins aconteceram no caminho, mas tudo isso só me mostra que eu posso tudo! Todo mundo pode! Coloque na sua cabeça o que quer, trace o plano pra chegar lá e vá. Sem medos, o medo é o pior de nossos inimigos. Não tenha medo da vergonha, da dificuldade, do que terá que enfrentar, ninguém nunca disse que viver é fácil. A gente mata um dragão ou mais por dia, mas quando conseguimos realizar uma única coisa, aquele prazer nos invade e não tem coisa melhor.

Levante-se, não se faça de vítima, foque, não tenha medo e nem preguiça. São esses os primeiros passos e quando a gente dá os primeiros passos então tudo começa a parecer mais fácil do que pensavámos. Use a roupa que quiser, o cabelo que quiser, a maquiagem que quiser, aprenda o que gostar, ouça o que te faz bem, realize sonhos, chore, ria, você pode!

Eu já sei que posso tudo, e você!? Tudo que quero estou lutando pra ter e você? O que te impede de ir atrás dos seus sonhos? Reflita e não tenha medo.

Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *